Quem precisa fazer check up?

A consulta de check-up é um momento de reflexão e de auto-avaliação conjunta com seu médico.

Exames são comuns de serem pedidos, mas só farão sentido se algumas perguntas-chave forem feitas e se as respostas forem bem compreendidas.

A consulta de check-up tem dois pilares:

  • fazer promoção de saúde: relembrar ao paciente hábitos saudáveis de vida como comer frutas e verduras, exercitar-se, ter sono reparador, motivá-lo a praticar isso e encontrar soluções se houverem dificuldades.
  • fazer diagnóstico precoce de doenças, ou seja, fazer rastreio de doenças subclínicas (que não mostram sintomas), mas que podem estar ali escondidas, conforme idade, histórico familiar e outras condições perguntadas durante a consulta.

Check up é um dos principais motivos de agendar no consultório. No Brasil inteiro é assim e no mundo inteiro é assim.

Check-up é bom, desde que seu médico o conduza da maneira correta priorizando você e não os exames.

Exames complementares são importantes ferramentas em cardiologia (eletrocardiograma, teste ergométrico, entre outros), mas o pedreiro primeiro conversa com a pessoa, raciocina sobre a conversa e sobre o que ele está vendo, daí ele decide se usará uma ferramenta que pode ser um pincel, um pano molhado, uma marreta… tudo depende da conversa e das condições do local (corpo humano). Essa pode ser uma boa metáfora para explicar o check-up de rotina com seu cardiologista.

Veja Também